Seguidores

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Saudades do Tempo


Alexandre ď Oliveira


Levantei cedo com o pé direito, pisei no chão. E, né que de cara recebi vasto material para que eu pudesse falar.  Eu senti saudades do tempo, daquele tempo que passava horas e mais horas numa fila de orelhão esperando minha vez. Numa fila de cais de algum porto. O danado quando não usava fichas telefônicas, era ás vezes de cartões magnéticos.  

E trazia estes, belas paisagens. E até por muito colecionei.  Eram realmente belos. E detalhe estes pelo que sei não era apenas do nosso Brasil.Encontrei diversas vezes com temas muito bonitos. Tinha um que no momento recordo, por sinal muito bonito em Lá Cruz, cidade Venezuelana.  Este eu lembro que tinha a imagem do Papa. Se, eu não me engano Papa João Paulo II.  

Quando em visita àquela cidade. Lembranças e recordações por várias vezes foram por mim registradas durante todo tempo que naveguei em águas claras, ou turvas. Mas que me deram muita satisfação e demasiado prazer.  Foram coisas de mestres, proporcionadas por um único mestre.


João Pessoa 23 08 17

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas

A Caverna

Google+ Followers

Follow by Email